quinta-feira, 30 de maio de 2013

10 hábitos que incomodam os chefes

Segundo uma pesquisa realizada pelo Institute of leadership & Management (ILM), feita com 2 mil gestores, detectou que os jargões e os maus hábitos dos funcionários irritam muito os chefes. Uma das principais queixas é chegar atrasado em reuniões, assim como enviar e-mail em vez de falar diretamente com a pessoa mesmo estando próximo ao funcionários.

Fique atento para avaliar esses sinais:


1º - Chegar atrasado em reuniões.



Nem é preciso falar muito para saber como é chato ter que esperar mais "5 minutinhos" para poder começar a reunião, pois não muitos funcionários ainda não chegaram. Principalmente se a reunião for o primeiro compromisso do dia. Mesmo que o trânsito seja o responsável, vale a pena a lembrar de ser pontual, afinal, não é um evento que acontece todos os dias. 

2º - Deixar pratos e objetos sujos sobre a mesa após o almoço.



Embora muitas empresas tenham funcionárias para auxiliar na limpeza do local de trabalho, convenhamos que isso definitivamente não é o trabalho delas. É uma questão de educação e respeito para os outros colegas de trabalho que também tem o direito de encontrar a cozinha do escritório em ordem como estava antes. E o mesmo vale para levar os talheres, pratos e outros "emprestados" que a empresa disponibiliza e não devolver. Por último e não menos importante, é deixar os alimentos "esquecidos" dentro da geladeira, ocupando um espaço desnecessário, por preguiça de jogar fora, sobrando esse trabalho, mais uma vez, para outras.

3º - Fofocar sobre os colegas de trabalho



Muitas vezes é inevitável nos aproximarmos mais dos colegas de trabalho mais do que a relação profissional, já que acabamos passando a maior parte do tempo no escritório do que em casa, é bom evitar certos tipos de assunto que possa gerar algum desconforto ou gerar atritos falando mal pelas costas de um colega, pois até mesmo um pequeno comentário pode influenciar outras pessoas e tornar o ambiente de trabalho muito mais pesado.

4º - Falar abertamente assuntos confidenciais da empresa



Assim como um médico deve manter em sigilo as informações pertinentes aos seus pacientes, os assuntos que fazem parte da sua função ou departamento também deve ser respeitado. Isso se chama ética profissional e cada um deve saber sobre que assuntos podem ser ditos dentro do âmbito profissional e pessoal.

5º - Mandar um e-mail  para alguém mesmo essa pessoa estando próxima a você.



Tá certo que as tecnologias nos ajudam com muitas tarefas que antes davam muito trabalho, mas não há nada que justifique perder tempo escrevendo um email elaborado enquanto poderia se levantar e resolver a questão rapidamente, sem ter que esperar a resposta.

6º - Deixar o celular tocar alto.



Assim como não se deve usar fones de ouvido dentro de um ônibus, essa é uma regrinha chata, mas que ajuda o ambiente de trabalho mais harmonioso, pois convenhamos, não é nada agradável estar em uma ligação importante ou tentando se concentrar para resolver alguma questão enquanto tem vários celulares tocando na sala. Minha sugestão é deixar no vibrador. O mesmo vale para o sinal de nova mensagem. 

7º - Fazer intervalos espaçados para fumar.



Nada contra os fumantes saírem para fumar, mas acredito que os outros colegas podem se incomodar com o fato de estar sempre saindo para fumar enquanto continuam trabalhando resolvendo as tarefas. Muitas vezes é bom sair para espairecer um pouco do stress causado pelo trabalho, mas é preciso usar o bom-senso e auto-controle, para não ficar em uma má situação.

8º - Ir trabalhar doente, quando deveria ficar em casa.



Acredito que nem todos os chefes devem concordar com esse hábito, pois a maioria dos chefes que conheci não levam nem atestado de 15 dias a sério, imagine uma simples gripe. Enfim, concordo que mesmo aqueles funcionários que são o braço direito do chefe ou do setor precisam de descanso quando ficam doentes e principalmente, não passar a gripe maldita para os outros colegas de trabalho.


9º - Levar os filhos pequenos ao trabalho.



Eu sei que deve ser complicado para os pais lidarem com essa situação em específico, pois filhos são uma preocupação de 24 horas, então, às vezes é inevitável ter que levar o filho para o trabalho durante algumas horas, porém, o importante nessas horas é tentar mantê-lo ocupado para que não prejudique o trabalho dos outros. Acho que seria interessante os chefes respeitarem ou deixarem um espaço para quando este tipo de situação ocorrer no trabalho.

10º Falar jargões.



Jargão significa uma linguagem pouco compreensível, geralmente usado em determinados grupos profissionais. O seu uso provoca uma linguagem viciada e corrompida, demonstrando pouco conhecimento de uma língua ou a intencionalidade de que a conversa não seja compreendida por quem não pertença ao círculo. É o caso das áreas ligadas ao Direito, Economia, Medicina, TI (Tecnologias de Informação), entre muitas outras. Os jargões cheios de palavras difíceis, podem afugentar o interlocutor e, por isso, deve ser evitado. Enquadram nesses casos o politiquês, o economês, o juridiquês, entre outros com sufixo "ês".

Exemplos de jargão:

Medicina

"Apresenta uma massa cística indeterminada e septos espessos irregulares mas com realce mensurável."

Informática

"O tweak pode ser feito no BIOS da motherboard".


" A mochila vem com um mouse ótico USB com scrolling de quatro direções e conexão Plug&Play".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...