segunda-feira, 10 de junho de 2013

8 coisas normais que os filmes de terror deixaram aterrorizantes

Ao pensar sobre as coisas que as pessoas têm mais medo, provavelmente irá falar de assassinos, aranhas, altura, claustrofobia, entre outras. Mas, existem alguns objetos cotidianos comuns que se tornaram verdadeiramente assustadores depois de diversos filmes de terror tirarem proveito do nosso medo natural do desconhecido ou sobrenatural e aliar com objetos comuns somente para ganhar dinheiro (e audiência) com o horror que inegavelmente consegue trazer o inferno para alguns espectadores.


1 - Cenas de chuveiro







O chuveiro era para ser um lugar supostamente seguro, onde fazemos uma pausa relaxante deixando todas as preocupações do dia-a-dia serem levadas pela água enquanto cantamos a nossa música preferida. Não mais. Graças ao filme "Psicose", de Alfred Hitchcock.

Há poucas cenas de terror que se tornaram tão clássicas, como a famosa cena de chuveiro desse filme, que tornou uma atividade tão mundana, onde nos encontramos completamente vulneráveis, nus, molhados e cegos por trás de uma cortina de chuveiro, até ser surpreendido por um terrível assassino com uma faca e um terrível olhar insano e com certeza, deve ganhar o primeiro lugar nessa lista.

2 - Cenas de espelho


Filmes como "A chave mestra" (The Skeleton Key) deram um outro significado para a palavra medo diante do espelho. Não é de hoje que somos fascinados por esse estranho material que reflete a nossa imagem. Apesar de ser um objeto aparentemente comum, que é facilmente encontrado em residências e estabelecimentos comerciais usado tanto como decoração como pela suas diversas utilidades, o espelho, ainda hoje desperta um intrigante mistério nas mais diversas culturas e religiões.

Como exemplo, podemos citar uma crença antiga que diz que além da função de refletir a imagem, também haveria uma correspondência mágica entre o objeto e a imagem refletida, como se criasse uma cópia em seu interior, sendo capazes assim, de aprisionar a alma ou a força vital da pessoa refletida e por esse mesmo motivo, um hábito comum cobrirem os espelhos da casa quando uma pessoa morre, para que sua alma não fique presa e tenha acesso livre ao além.

Enfim, seja por despertar as mais estranhas superstições, que são perpetuadas pelas mais diferentes estórias  descritas em obras literárias, desenhos animados e, claro, filmes, esse objeto, aliado com o sobrenatural, pode se tornar um grande aliado para cenas em filmes de terror.

3 - Telefone tocando



Outro filme de terror psicológico que ganhou grande audiência, foi "The ring" (O chamado), usou vários elementos já utilizados em outros filmes como "Poltergeist", "The Shining" (O iluminado), assim como várias referências visuais de filmes dirigidos por Alfred Hitchcock, como "Janela Indiscreta", "Psicose" e "Trama diabólica".

Na época em que foi lançado, muitas famílias ainda usavam aqueles telefones antigos, levando muitos ao maior susto ao ouvir o toque do telefone, logo após assistir o filme, ou mesmo em sessões caseiras, por causa das duas palavrinhas que se tornaram famosas: "sete dias", que deu origem a um dos filmes de paródia "Scary Movie" (Todo mundo em pânico).

4 - Televisão em estática


Apesar do filme "The ring" (O chamado) também poder se enquadrar nessa opção, por causa das cenas assustadoras de Samara, não tem como nos esquecermos deste outro clássico, que apesar de ser classificado como um filme de terror, na verdade, "Poltergeist" pode ser considerado um suspense, que também gerou grande repercussão na época em que foi lançado.

Isso porque, este estranho fenômeno, é originado de uma palavra alemã, onde "Poltern" significa "brincalhão, batedor" e "Geist" significa "espírito" e deriva de uma crença, onde os espíritos seriam dotados de excepcional faculdade psicogenética, que poderia ser causadas por algum trauma emocional que se extravasaria suas energias em forma de ações físicas sobre os objetos ao seu redor, sendo assim, um objeto de estudo na parapsicologia.

O fenômeno inclui movimentação, quebra, aparecimento e desaparecimento de objetos, chuva de pedras, pirogenia, sons e luzes sem nenhuma explicação "normal" para esse tipo de evento. Seja como for, antigamente quando acabavam os horários de programas na televisão, ela ficava em estática, e quando ela aparecia "ligada" durante a noite, já era motivo suficiente para botar medo em qualquer um que tivesse assistido "Poltergeist".

5 - Bonecos assassinos




Quem não lembra do clássico "Child´s Play"? (Brinquedo Assassino), que gerou uma enorme lenda urbana aqui no Brasil, quando um boato de que havia uma faca escondida dentro do boneco do Fofão (personagem que só quem viveu na década de 90 irá se lembrar). Enfim, a história girava em torno de um serial killer que através de um ritual de vodu, transfere sua alma para o corpo de um inocente boneco e descobre que para voltar ao seu corpo, tem que matar o garoto para quem revelou o seu segredo. 


6 - Carro assassino



Christine, foi uma obra escrita pelo famoso escritor Stephen King, que conta a história de um jovem que compra o carro em péssimo estado e começa a fazer por conta própria a reforma do mesmo, onde misteriosamente o carro vai ficando novo em folha e os seus amigos notam que o seu dono está ficando cada vez mais diferente do que era, como se tivesse se tornado outra pessoa, enquanto estranhas mortes começam a acontecer e os amigos começam a desconfiar que de algum modo, o carro parece estar "possuído". Mas é claro, que neste caso em especial, o medo e a tensão estão associadas mais a leitura do livro, do que a sua adaptação nas telas do cinema, que como esperado, gerou grande decepção por parte dos fãs de Stephen King.

7 - Imagem de espíritos em fotos reveladas


Até alguns séculos atrás, não existia qualquer forma de se tirar um retrato ou uma foto de uma pessoa ou uma paisagem. Então, não é de espantar que quando a fotografia foi descoberta, um certo misticismo foi criado em torno dela. Principalmente quando começaram a aparecer figuras estranhas nas revelações em que mesmo os cientistas tinham dificuldade em explicar como e por que esse evento estranho ocorria.

Por outro lado, muitos parapsíquicos e outros pesquisadores começaram a crer que aquelas imagens eram uma fonte de informação e contato com outras dimensões, desde que devida e criteriosamente analisada, já que com o advento da internet e a manipulação das fotos, assim como no caso dos Objetos Voadores Não Identificados, começaram a surgir diversas montagens e fotos manipuladas. Porém, como existe algo de sobrenatural que até hoje não é bem compreendido, muitos filmes de terror se aproveitaram para usar essa desconfiança em algo assustador.

8 - Porão e Sótão



Que levante a mão quem nunca subiu as escadas correndo depois de apagar a luz, com medo do escuro e de estar sendo perseguido por algum espírito assassino. E claro que não precisa ser exatamente um porão ou um sótão para causar esse tipo de reação, já que aqui no Brasil, o seu uso não é tão comum como os filmes de terror, suspense e policial nos fazem acreditar. Isso quando não são usados com outras funções como escapar de um ataque alienígena, escapar de forças da natureza, causado pelo vento, como um tornado ou furacões e no filme REC, o segredo que será relevado que está dentro do sótão não será fácil de ser esquecido. (um pouco de spoiler que não compromete a história do filme).

E aí? Gostaram desse artigo? Lembrou de algum filme que utiliza algum outro tipo de medo? Todo comentário será bem-vindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...